Page Nav

HIDE

Post/Page

Weather Location

Últimas Informações:

latest

Presidente da Igreja Evangélica de Confissão Luterana do Brasil intimida e ameaça pastores de sua denominação que compartilharem denúncia de Julio Severo contra defensores luteranos de Lula e da Teologia da Libertação

Julio Severo Em  carta de 17 de agosto de 2018 dirigida  a todos os pastores da Igreja Evangélica de Confissão Luterana do Brasil (IECLB),...



Julio Severo

Em carta de 17 de agosto de 2018 dirigida a todos os pastores da Igreja Evangélica de Confissão Luterana do Brasil (IECLB), seu presidente, Pr. Nestor Paulo Friedrich, disse: “Tenho acompanhado com indignação as manifestações envolvendo a IECLB nas redes sociais, agora também com ataques pessoais!”

Templo da IECLBEle então explica o que são os supostos ataques pessoais:

“O autor de um texto acusa ‘os líderes da IECLB de defender Lula e o aborto’. Acompanha uma foto de culto de ordenação. Trata-se de uma manifestação de calúnia e ódio! Alerto que, compartilhar um texto assim, torna-me conivente com tal manifestação de calúnia e ódio. Pior ainda é quando um Ministro ou Ministra compartilha tal texto sem antes conferir a veracidade do que ali está sendo afirmado.”

O presidente da IECLB se refere ao artigo “Líderes da Igreja Evangélica de Confissão Luterana do Brasil apoiam Lula e o aborto desrespeitando suas próprias congregações,” que é de minha autoria.

Enquanto que o que está mais destacado na carta dele são as palavras “calúnia e ódio,” o que está mais destacado no meu artigo são as palavras “Teologia da Libertação e Teologia da Missão Integral.”

Ataques pessoais, como palavrões e adjetivos maliciosos, estão ausentes do meu artigo. Essa ausência invalida completamente a falsa acusação de Friedrich de que meu texto contém supostos “ataques pessoais.”

Denunciar que Walter Altmann, ex-presidente da IECLB, é um famoso defensor internacional da Teologia da Libertação não constitui calúnia nem ataque pessoal.

Denunciar que Lusmarina Campos, que é pastora da IECLB, defendeuo aborto no Congresso Nacional não constitui calúnia nem ataque pessoal.

Denunciar que o presidente da IECLB assinou manifesto em apoio a Lula não constitui calúnia nem ataque pessoal, pois o link do manifesto veio registrado, com a devida assinatura, no meu artigo.

Para que a acusação de Friedrich (de que meu artigo é uma manifestação de calúnia e ódio) tenha fundamento, primeiro ele precisa provar que o que escrevi é calúnia, que significa “mentira, falsidade e invenção.”

Ele precisa provar que pastores principais da IECLB não defendem a Teologia da Libertação e a Teologia da Missão Integral. Se ele conseguir provar que Walter Altmann na verdade combate ambas as teologias, serei obrigado a reconhecer que caluniei ao dizer que Altmann e outros pastores da IECLB defendem a Teologia da Libertação e a Teologia da Missão Integral.

Se ele conseguir provar que pastores da IECLB não defendem o aborto e nenhum pastor da IECLB nunca foi ao Congresso Nacional para defender o aborto, sua acusação de calúnia terá base para me punir legalmente. Então terei de reconhecer que caluniei ao dizer que uma pastora da IECLB foi ao Congresso Nacional para defender o aborto.

Se ele conseguir provar que nenhum pastor da IECLB foi visitar Lula na cadeia para prestar solidariedade, então serei obrigado a reconhecer que cometi calúnia ao dizer que o vice-presidente da IECLB foi visitar o criminoso condenado Lula.

Apesar de tudo, reconheço que o presidente da IECLB está certo numa acusação: ódio. Confesso que tenho profundo ódio da Teologia da Libertação e da Teologia da Missão Integral, que são ideologias marxistas que parasitam a missão da Igreja, usando-a como plataforma de causas estranhas ao Evangelho.

Sim, reconheço que sou culpado desse tipo de ódio. Portanto, se existe na lei alguma cláusula que pede punição e prisão para alguém que odeia essas duas teologias, então mereço punição e prisão!

Se Friedrich quiser saber a razão por que odeio tanto a Teologia da Libertação e a Teologia da Missão Integral, a explicação é muito simples: É porque amo Jesus Cristo e Seu Evangelho puro.

O discursinho de “ódio” é o mesmo discurso da esquerda, que apela dizendo que oposição ao aborto é “ódio” às mulheres, que oposição à doutrinação homossexual de crianças é “ódio” às crianças e que oposição à agenda gay é “ódio” aos homossexuais.

Agora, na versão do presidente da IECLB, “calúnia e ódio” é fazer oposição à Teologia da Libertação e a Teologia da Missão Integral!

Se com esse discurso patentemente marxista ele quisesse amedrontar só a mim, ele teria enviado sua carta blefadora diretamente para mim. O fato de que ele enviou aos pastores é sinal de que ele quer intimidá-los com tais blefes, acusando de calúnia e “ataques pessoais” um artigo que apenas desmascara a defesa de Lula, do aborto, da Teologia da Libertação e da Teologia da Missão Integral.

A ameaça de processo é contra o autor do texto (eu mesmo!) e aos compartilhadores. Isso ficou evidente no trecho da carta onde Friedrich diz: “Alerto que, compartilhar um texto assim, torna-me conivente com tal manifestação de calúnia e ódio.”

Sua carta foi na verdade uma manifestação de bullying, intimidação e autoritarismo. Sendo-lhe impossível negar que a IECLB está infestada de líderes que promovem a Teologia da Libertação e a Teologia da Missão Integral, o presidente da IECLB apelou para a tática de amedrontar os pastores de sua denominação com uma carta com falsas acusações.

Acusar, sem base alguma, de ódio e calúnia e ao mesmo tempo intimidar é tática tipicamente esquerdista. Ameaçar de processo a mim e aos pastores que compartilham meu artigo é conduta esquerdista.

Não fui o único que percebi a intimidação do presidente da IECLB. Em email enviado a todos os pastores da IECLB, o pastor emérito Werner Dietz denunciou:

Aos Ministros e Membros da IECLB!

Eu nem sei com que palavras manifestar meu desconforto com a Direção da IECLB, encabeçada hoje pelo colega P. Dr. Nestor Paulo Friedrich.

1.- Em primeiro lugar ele, Nestor, persegue e permite que sejam perseguidos membros da nossa Igreja. Não me refiro somente ao fato de a IECLB PROCESSAR um membro por ele ter externado o seu ponto de vista. Onde estamos? A DIREÇÃO da Igreja processando aqueles que a sustentam financeiramente? Amanhã a IECLB não vai mais ter MEMBROS, que foram todos espantados porque não queriam se ver processados, e sobra apenas uma DIREÇÃO, mas que então pode dizer: “Nós ganhamos na justiça!”

Hoje a DIREÇÃO da IECLB persegue um membro simplesmente por ter passado adiante um LINK em que uma verdade sobre a IECLB está sendo apontada: o desvio DOUTRINÁRIO, MORAL e POLÍTICO da DIREÇÃO da IECLB – com uma foto de uma cena de ordenação de pastores em que aparece o Presidente da IECLB (“Por postar no facebook invadiram a minha conta, denunciaram e o face me bloqueou.”).  O nosso Pastor Presidente não gostou que tenha sido usada indevidamente uma FOTO ilustrativa. Depois de tirada a FOTO, ele se tranquilizou; só que isso não mudou o conteúdo pesado do LINK com a VERDADE contra a DIREÇÃO DA IECLB! A liderança da IECLB CONTINUA a defender o aborto, além de um bandido condenado por roubo, bem como os seus asseclas. Para a nossa Direção o sistema judiciário brasileiro é que é o criminoso, e não a bandidagem que desmontou a economia do nosso País e depenou a Petrobrás, para ficar só nestes dois exemplos. 

2.- Hoje recebo um LINK da parte da PRESIDÊNCIA DA IECLB (“Compartilhamos, através do link http://www.aplicativosieclb.org.br/docs/267020.pdf, carta do Pastor Presidente da IECLB, Dr. Nestor P. Friedrich”). Neste ele tenta remendar o uso político a que a IECLB está sendo submetida nas últimas décadas. Fala – e aqui está o cúmulo da MENTIRA e do CINISMO! – que a IECLB tem “instâncias legitimamente constituídas” para o exercício do diálogo e de acertos de diferenças. Só que a própria IECLB apela à e ameaça com a justiça civil cada vez que alguém arrisca externar uma opinião de que ela não gosta. E mais: No momento em que um membro ou Ministro apela a estas tais “instâncias legitimamente constituídas” e se submete a elas, a DIREÇÃO da IECLB (Secretaria Geral) NÃO se submete às decisões destas INSTÂNCIAS. É tudo de mentirinha! – Afirmo isso por estar calejado com esta Direção de Igreja em 30 anos de espera por uma RESPOSTA A UMA SIMPLES CORRESPONDÊNCIA. Ela geralmente leva alguns meses para se dignar a responder sequer um e-mail. É porque qualquer pergunta INCRIMINA a Secretaria Geral, e a Direção da IECLB TEM MEDO ATÉ DA SUA PRÓPRIA SOMBRA! Quem se recusa a dialogar, é porque tem algo a esconder... E quem é surpreendido em UMA trapaça mentirosa, não é mais digno de confiança, mesmo em alguma verdade!

Coitado do Pastor Presidente, ele se queixa de “ódio e calúnia” – só que ele e sua Secretaria Geral são um Clube da Luluzinha, um Grupo Fechado, que NÃO SABE DIALOGAR COM NINGUÉM. Que boato bonito, quando diz: “...irmãos e irmãs em Cristo – é isto que nós somos (!!!)”. “Capacidade de autocrítica, sabedoria, ... humildade” – que o tenham OS OUTROS, os TROUXAS, os que ORAM. Não a SECRETARIA GERAL, que quer chegar aos tempos da “pós-verdade” (que neologismo bonito!), ou seja, o que vem agora, depois da verdade, é a “mentira”. Ódio e calúnia é a própria Secretaria Geral que semeia. É lá que se encontram os SUPRESSORES DE DOCUMENTOS, OS FALSÁRIOS, OS DIFAMADORES, OS INIMIGOS DO EVANGELHO DE JESUS. A DIREÇÃO DA IECLB não é menos corrupta do que o GOVERNO DO NOSSO PAÍS.

“Forte Abraço” Ai do abraço dela!

Werner J. Dietz

Se não houver reação de luteranos conservadores contra as investidas de luteranos esquerdistas, as palavras de Jesus se cumprirão na IECLB:

“E Jesus disse ainda: —Eu digo isso para que vocês não abandonem a sua fé. Vocês serão expulsos das sinagogas, e chegará o tempo em que qualquer um que os matar pensará que está fazendo a vontade de Deus. Eles vão fazer essas coisas porque não conhecem nem o Pai nem a mim. Mas eu digo isso para que, quando essas coisas acontecerem, vocês lembrem que eu já os tinha avisado.” (João 16:1-4 NTLH)

Parafraseando:

“Eu digo isso para que vocês não abandonem a sua fé. Vocês serão expulsos da IECLB, e chegará o tempo em que líderes da IECLB que intimidarem, caluniarem e ameaçarem vocês de processo pensarão que estão fazendo a vontade de Deus. Eles vão fazer essas coisas porque não conhecem nem o Pai nem a mim. Mas eu digo isso para que, quando essas coisas acontecerem, vocês lembrem que eu já os tinha avisado.”

Fonte: www.juliosevero.com

Nenhum comentário