Page Nav

HIDE

Post/Page

Weather Location

Últimas Informações:

latest

HAARP - Estrondo de origem desconhecida assusta moradores de Sorocaba

Um forte estrondo assustou moradores de diversas regiões de Sorocaba por volta das 15h desta quinta-feira (28). O Corpo de Bombeiros e ...


Um forte estrondo assustou moradores de diversas regiões de Sorocaba por volta das 15h desta quinta-feira (28). O Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil de Sorocaba receberam chamadas de cidadãos preocupados com o som, mas não conseguiram identificar a fonte do ruído. Não há relatos de estragos ou feridos. 

O morador do bairro Cajuru do Sul, Marco Aurélio dos Santos, 44 anos, relata que estava em casa, na avenida Paraná, quando ouviu dois estrondos, com um intervalo de três minutos de diferença, e que as janelas chegaram a vibrar. "Pensei que tinha sido batida de caminhão", disse. 


No momento, ele estava acompanhado do filho e de um pedreiro que trabalhava no local, e todos teriam ficado assustados. O barulho intrigou os moradores da vizinhança, que entraram em contato uns com os outros na esperança de descobrir a causa. 

Na Zona Industrial, a taróloga Solange Regina de Oliveira, moradora próxima à avenida Fernando Stecca, teve a impressão de que algo estava explodindo ou que um objeto pesado havia caído do céu. "As janelas chacoalharam", relata. Solange revela que chegou a pensar que pudesse ser um terremoto, pois sentiu um impacto no chão.

O professor de educação física Roberto Fraga, 35 anos, classifica o barulho como "estranho". "Não parecia de explosão ou de tiro, foi meio seco", afirma. Ele conta que estava em sua casa, um sobrado na Vila Progresso, perto do Parque Águas, e que desceu correndo para o piso térreo da residência. 
"Teve um deslocamento de ar em que minha casa começou a tremer", disse. Após postar sobre o caso nas redes sociais, recebeu relatos de amigos que também ouviram o ruído em bairros como Central Parque, Éden e Nova Sorocaba. 

Sem explicação 

Defesa Civil de Sorocaba e os Bombeiros receberam chamadas de sorocabanos que relataram o estrondo, mas não conseguiram detectar a causa do problema. A Defesa Civil teria entrado em contato com o Observatório Sismológico de Brasilia e foi informada que nenhum terremoto, ou outro fenômeno, foi registrado no Estado de São Paulo.

Em maio, um estrondo seguido de tremor assutou os moradores da região de Guaratinguetá. Posteriormente, foi cogitado que o barulho era causado pela quebra da barreira do som por uma aeronave em voo supersônico, durante teste da Força Área Brasileira.

Em Sorocaba, o Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (Daesp) informou não ter registro da passagem de qualquer aeronave supersônica pela cidade, pois o aeroporto não possui equipamentos que façam esse tipo de controle. Funcionários do Serviço Regional de Proteção ao Voo de São Paulo (SRPV-SP) não puderam divulgar dados sobre voos sem a autorização do setor de comunicação da entidade.

Phonte: Jornal Cruzeiro

Nenhum comentário