Page Nav

HIDE

Post/Page

Weather Location

Últimas Informações:

latest

Pastora Lanna Holder organiza primeira “balada gospel gay”: “Estamos indo onde o público está”; Assista

A pastora Lanna Holder, líder da igreja inclusiva Cidade de Refúgio, organizou uma “balada gospel gay” na última sexta-feira, 02 de maio,...

Pastora Lanna Holder organiza primeira “balada gospel gay”: “Estamos indo onde o público está”; Assista
A pastora Lanna Holder, líder da igreja inclusiva Cidade de Refúgio, organizou uma “balada gospel gay” na última sexta-feira, 02 de maio, às vésperas da Parada Gay de São Paulo.
Lanna e sua esposa, Rosania Rocha, organizaram o evento que reuniu casais homossexuais membros de sua denominação, e outros convidados.
A “Refúgio White” – nome dado à balada gay gospel – foi tema de uma reportagem da revista Veja SP e oferecia “open bar ‘santo’” (termo usado para indicar que as bebidas são liberadas) com drinks sem álcool, além de refrigerantes e sucos, salgados e sushis.


“Pop, gospel e eletrônico animaram a pista de dança. A festa arrecadava fundos para a construção de um templo e defendia que o amor entre pessoas do mesmo sexo não é pecado”, dizia a revista Veja SP.
Em meio às músicas pop/eletrônico que mais são apreciadas pelo público homossexual, Lanna Holder defendeu a iniciativa: “Ao invés de levar o público à igreja, nós estamos vindo ao local onde o público está”, afirmou.
“Na verdade é uma balada de evangelismo, onde a gente vem pra convidar as pessoas a conhecerem que Jesus ama os gays, ama a todos”, disse Rebeca Alves, estilista e freqüentadora da igreja inclusiva.
Um casal gay que foi filmado aos beijos pela reportagem da revista disse que “escolheu esperar” pelo casamento para praticar o sexo: “Hoje eu acredito que a minha opção sexual, a minha orientação sexual, não me leva pro inferno. Eu não preciso viver uma vida de máscara, posso ser quem eu sou mesmo [...] É prazeroso esperar. Nós levamos muito a sério isso… É um princípio diante de Deus”, afirmou o advogado Mario Rola, fiel da Cidade de Refúgio.
Este vídeo contém cenas de afeto entre homossexuais, e pode ser considerado impróprio.
FONTE: http://noticias.gospelmais.com.br/

Nenhum comentário