Page Nav

HIDE

Post/Page

Weather Location

Últimas Informações:

latest

Síria usará Kamikazes contra EUA e Reino Unido

Pelo menos 8 mil “mártires suicidas” estão listados para derrubar aviões estadunidenses com o apoio do Irã e do Hezbolá, afirmou um o...



Pelo menos 8 mil “mártires suicidas” estão listados para derrubar aviões estadunidenses com o apoio do Irã e do Hezbolá, afirmou um oficial leal ao regime de Al Assad, citado no The Guardian

Redação, Pragmatismo Político
síria aviões kamikazeSíria pretende usar Kamikazes para deter aviões e porta-aviões dos EUA (Foto: AFP)
A Força Aérea Síria está considerando o uso de pilotos Kamikaze para deter o possível ataque do ocidente liderado por EUA e Reino Unido. A informação foi confirmada por um oficial da defesa anti-aérea Síria ao jornal britânico The Guardian.
O oficial de 30 anos garante que 13 pilotos já confirmaram um compromisso essa semana para integrar um grupo de “mártires suicidas” que terão a missão de abater aviões de combate dos Estados Unidos.
“Se EUA e Reino Unido lançam um míssil, lançaremos quatro. E se seus aviões de combate sobrevoarem nosso território, enfrentarão um poder de fogo infernal”

‘The Guardian’ afirma que o oficial está em contato com o jornal há 12 meses e sempre forneceu informações confiáveis sobre os combates entre as tropas de Bashar al Assad e os grupos rebeldes.
“Temos mais de 8.000 mártires suicidas no exército sírio, treinados e dispostos a levar a cabo operações de sacrifício sob quaisquer circunstâncias para deter os estadunidenses e britânicos. De minha parte, garanto disposição para voar contra um porta-avião dos EUA e evitar que ataquem a Síria”, assegura.
“Irã e combatentes dos Hezbolá estão conosco. Teremos uma aliança defensiva. Somos a resistência do mundo árabe”, enfatiza.
A respeito dos ataques químicos da semana passada nos arredores de Damasco, o oficial negou a participação das tropas sírias e disse que a notícia foi recebida pelos oficiais de maneira chocante. “Por que iríamos utilizar armas químicas em Al Guta, quando no lugar do ataque estavam alojadas forças governamentais?”
Fonte:  Pragmatismo Político.

Nenhum comentário