Page Nav

HIDE

Post/Page

Weather Location

Últimas Informações:

latest

Illuminati. Quem são? O que pretendem?

As várias teorias conspiratórias fazem menção de uma sociedade secreta que manipula os acontecimentos do mundo. Indepedente de saber...



As várias teorias conspiratórias fazem menção de uma sociedade secreta que manipula os acontecimentos do mundo. Indepedente de sabermos que algumas dessas teorias são descabidas, uma coisa é certa, de fato uma liderança mundial, em oculto, tem um cronograma de ações para implantar uma Nova Ordem Mundial (NOM), tudo, obviamente, permissivo pelo Senhor para cumprimento das profecias. O cenário está sendo montado para o surgimento do Anticristo e, por conseguinte, antecedendo a esse fato, o arrebatamento da Igreja de Cristo.

Pois bem. Quando nos referimos a tal sociedade secreta, citamos os Illuminati como os principais vilões, cuja responsabilidade é preparar o caminho para o surgimento do Anticristo. Mas quem são os Illuminatis?


É o que veremos a seguir:

É uma seita oculta oficialmente fundada em 1º de maio de 1776, por Adam Weishaupt, (formado em direito e que tinha fascínio por ocultismo), na Bavária, na Alemanha (no mesmo ano em que a Bavária se tornou um estado independente dentro da Alemanha), com o tradicional nome de “Illuminati”. O nome, vem do latim “illuminatu’s”. E significa “aquele que é iluminado”.

Tinham duas formas de poder, a monetária e a religiosa. E através de ambas tinham controle sobre os governos monárquicos. Já com a queda monarquia e a criação das monarquias constitucionais, os illuminati saíram da Bavária e se espalharam pelo mundo. E para essa expansão, usaram a maçonaria, criada na Escócia pelos Templários após a ordem ser quase aniquilidada. No entanto, naquela ocasião, várias “lojas” (locais dos encontros dos membros) já estavam instaladas em todo o mundo. A partir dessa fusão, imediatamente tornou a maçonaria, parte da liderança dos illuminati.

O que illuminati fazem é garantir a liderança mundial das blood lines, mantendo registro de quem são, onde estão, garantindo que o sangue não se misture, e que essas famílias se mantêm no seio Illuminati. Assim, garantindo a fidelidade dessas famílias, garantem o seu poder nas áreas de controle mundial: religião, finanças, politica, militar e ciência.

  
Para este controle, existem 3 cidades-estado dentro de cidades. Ou seja, 3 pequenos pedaços de terra que são soberanos, não pagam impostos e/ou carga tributária e são independentes. São elas:

 
  • Crown, Londres. Onde o centro econômico está localizado, bem como o Banco de Inglaterra que controla todos os bancos mundiais. É um banco privado numa zona independente dentro de Londres chamada de "The City", controlada pela família Rothschild. Este é o centro económico mundial, sendo o único local no mundo onde é possível fazer negócio com todas as bolsas e bancos mundiais independentemente do fuso horário.
  • O Vaticano que é o centro religioso. Fica dentro da cidade de Roma, é independente e é controlado pelo clero, é também isento de impostos e tem banco próprio que responde unicamente ao Crown.
  • Columbia em Washington nos EUA. É uma região independente e não paga impostos. É onde está a reserva federal que é um banco privado súbdito do Crown e que controla todo o dinheiro Americano e é controlado pela família Rockefeller. Este distrito chama-se Columbia pois os primeiros Illuminati a viajarem para os EUA eram a "facção Columbia", que fundaram além da Reserva Federal, a Universidade Columbia, Columbia Movies, com que se tornaram fundadores do Centro de Produção de filmes mais famosos do mundo - "Hollywood", Columbia records, Columbia television (CBS), que tem como símbolo o "All seeing eye" (o triângulo com o olho que tudo vê), tal como a RTP teve o mesmo símbolo até recentemente, sendo a atual uma variante. Fundaram a Nasa e o primeiro ônibus espacial chamou-se Columbia.
0 Place Saint-Pierre - Vatican.JPG
Obelisco (Vaticano) - Foto: Wikipédia
Estas 3 cidades possuem elementos que as unem. As suas bandeiras mencionam as 3 cidades. A de Columbia tem 3 estrelas, a do Vaticano tem 3 coroas, a do Crown tem 3 asas de dragão. Outra coisa em comum é que no seu centro, estas 3 cidades, possuem um obelisco sobre um circulo, que representam o pênis de um Deus Egípcio; Amon, ou Oman também chamado de Amén ou Amém. O circulo representa a vagina de Gaia e juntos são vistos como a fertilização do nosso planeta. Apesar de contraditório, a cidade do Vaticano tem dezenas de obeliscos e o principal está no centro da cidade. 
 

O que seriam as blood lines? Seriam o sangue dos descendentes do imperadores babilônios, cujos descendentes foram faraós egípcios e mais tarde líderes da Grécia antiga, que deram origem a imperadores romanos, tais como: Alexandre o Grande e Napoleão. Hoje essas blood lines dividem-se em 300 famílias, sendo que no topo dos Illuminati estão 13 delas. 

Imagem: Realidadeoculta
Os Illuminati se organizam em pirâmide com as 13 famílias reais. Originalmente estas 13 famílias dividiam o poder, mas hoje uma lidera as 13, justamente por ser a família que controla o Crown e que detém uma fortuna pessoal no valor de metade do dinheiro do mundo. Por deter controle sobre todos os bancos, detém poder sobre as 13 famílias:
As 13 famílias são essas: 

Rothschild, Astor, Bundy, Collins, DuPont, Freeman, Kennedy, Li, Onassis, Rockefeller, Russel, Van Duyn e os Merovingan.

Depois destas 13 famílias aparecem duas no topo das demais 287 seguintes, totalizando 300 famílias. São elas: Reynolds e Disney.
A seita se compôs pela mais pura “nata” da sociedade mundial, dentre eles, chefes de estado, ex-presidentes, banqueiros, presidentes de emissoras de rádio e televisão, grandes empresários. Pessoas que detém influência, poder e dinheiro para, assim, caso seja requerido, poder mudar o cenário mundial a nível político ou financeiro.

Desde o final do século XVIII até meados do século XX, os Illuminati sobreviveram à sua supressão, por causa de sua infiltração na Maçonaria, e se tornaram o cérebro por trás de grandes eventos históricos como a Revolução Americana, a Revolução Francesa, a Revolução Russa, as Guerras Mundiais e os ataques de 11 de setembro de 2001, levando a cabo um plano secreto para subverter as monarquias da Europa e a religião Cristã visando a formação de uma Nova Ordem Mundial.

 
Muitas pessoas notáveis foram ou são membros dos Illuminati, incluindo Winston Churchill, a família BushBarack Obama e Zbigniew Brzezinski, entre outros. 

O termo "Illuminati" também é geralmente associado com os membros de instituições e sociedades secretas de inspiração ocultista e/ou globalista: os Skull & Bones, Grupo Mesa Redonda, a Sociedade Fabiana, o Royal Institute of International Affairs, o Council on Foreign Relations, o Bohemian Club, oClube de Bilderberg, a Comissão Trilateral, o Clube de Roma, a Fundação Carnegie, a Fundação Rockefeller, etc.

A maioria das famílias proeminentes, acima referenciadas, bem como monarcas europeus e da família real saudita, o Vaticano e os sionistas estão entre os importantes membros. Alguns modernos papas e membros da hierarquia da Igreja Católica Romana estariam a desempenhar um papel e têm utilizado a expressão Nova Ordem Mundial, em seus discursos: João XXIII, Paulo VI, João Paulo I, João Paulo II, e Bento XVI.

Os Illuminati tem como objetivo implantar a chamada ‘Nova Ordem Mundial’ (NOM), que consiste em ter todo o planeta sob um só governo, regras, valores e crenças. Para atingir esse objetivo os Illuminati adotaram um cronograma de ações que está sendo seguido cuidadosamente com tudo planejado nos mínimos detalhes. Podemos citar, a restauração do estado de Israel (e a crescente hostilidade de todas as nações dirigida a ele); a implementação de um sistema governamental mundial-único; a imposição de um sistema monetário mundial sem dinheiro; o desenvolvimento de uma religião mundial sincretística, baseada no homem, e presidida por um falso profeta; a ascensão ao poder de um ditador mundial benigno, que (uma vez firmemente no controle eliminaria as liberdades individuais, demonstraria ferocidade e crueldade ferrenhas, e faria de si mesmo objeto de adoração); e a apostasia mundial, juntamente com a perseguição e execução ativa de cristãos fiéis. O ponto culminante da história, dos seus planos, será a reunião das nações do antigo Império Romano na Europa.


Antonio C. Carrafa
DeOlhOnafigueira

Nenhum comentário