Page Nav

HIDE

Post/Page

Weather Location

Últimas Informações:

latest

Grupo Gay da Bahia lança caricaturas contra Marco Feliciano

Julio Severo O Grupo Gay da Bahia (GGB) resolveu usar humor homossexual para mostrar seu desgosto com a presidência do pastor Marco Fe...



Julio Severo
O Grupo Gay da Bahia (GGB) resolveu usar humor homossexual para mostrar seu desgosto com a presidência do pastor Marco Feliciano na Comissão de Direitos Humanos (CDH) da Câmara dos Deputados.
Luiz Mott com um adolescente
Até o dia 31 de maio o GGB apresentará 50 desenhos de 27 artistas gays de todo o país.
Segundo Luiz Mott, fundador do GGB e responsável pela exibição gay, o objetivo da exposição é mostrar sua indignação e a revolta de outros ativistas gays contra a presidência de Feliciano na Comissão e exigir sua renuncia.
Marco Feliciano debochado pelo GGB
A revolta tem explicação: Antes de Feliciano, a CDH se ocupava quase que exclusivamente com os interesses anais dos homossexuais, e petistas e outros socialistas desviavam centenas de milhões de reais na CDH para tais interesses. Com Feliciano, essa enorme quantia de dinheiro está sendo canalizada para os reais interesses da população, inclusive um hospital na Bahia.
Mott pode estar tentando aproveitar a onda anti-Feliciano para promover sua causa. Mas essa onda já perdeu muita força. Opositores esquerdistas estão enfrentando o desgaste de suas manifestações contra Feliciano. Até mesmo oConselho Mundial de Igrejas, o CONIC e outras entidades protestantes esquerdistas não tiveram êxito ao se unirem a Jean Wyllys e outros ativistas gays no Congresso Nacional para reivindicar a saída de Feliciano da presidência da CDH. E, mais recentemente, um pastor presbiteriano desejou um derrame para Feliciano.
Marco Feliciano está superando muito bem todas essas oposições.
Então por que Mott, que é considerado o maior líder do movimento homossexual brasileiro, agora quer que Feliciano seja alvo de ataques e deboches?
A própria vida e conduta de Luiz Mott deveriam ser alvos de atenção especial, não só da população, mas principalmente das autoridades. Mott é acusado de defender a pedofilia, conforme denúncia registrada aqui: http://bit.ly/YjG0Zi
Mesmo depois da denúncia, ele teve a cara-de-pau de inaugurar um museu de erotismo homossexual fazendo a apresentação se esfregando na estátua de uma criança nua, conforme esse registro: http://bit.ly/YjGej2
Para uma criatura dessa espécie, eu jamais faria uma exposição de caricaturas em protesto. O que todo defensor da pedofilia merece é o total peso da justiça, de preferência numa confortável cadeira elétrica.
Onde está a justiça para a caricatura viva do mal?
Com informações do site homossexual A Capa.

Nenhum comentário